Quantos quilos de erro cabem?


Para que simplificar, se sempre se pode complicar? Tem muita gente que pensa assim, principalmente quando o assunto é abreviar. Há um tempinho, falamos sobre a abreviação de horas. Se quiser refrescar a memória, leia aqui.

Agora, nosso tema é o quilograma, que, como você deve saber a esta altura da vida, é uma unidade do Sistema Internacional de Unidades para a grandeza massa. Como certamente você também aprendeu na escola, um quilograma equivale a mil gramas.

“Quilo” tem sua origem no grego “khílioi”. É por isso que, quando abreviamos quilograma, escrevemos “kg”. É também o que faz muita gente escrever quilo de maneira incorreta: “kilo”. Mas não se engane! Não há a opção de escrever “quilo” ou “kilo”. Comece sempre com “qu” e estamos conversados. Ah, e “kg” é só assim mesmo. Sem ponto, sem “s” etc. e tal.

E vai uma dica extra: “grama” se abrevia apenas com “g”. Nada de escrever “gr”, “grs” ou qualquer outra variação esdrúxula.

E vai outra dica extra: pela-mor-de-Deus, diga “UM grama” quando se referir à medida de massa. UMA grama é aquela que você tem no jardim. No mercado, você pede “duzentos gramas” de queijo. Na loja de materiais de contração, “quinhentos gramas” de cimento. E segue o jogo.

Copyright 2023 . Todos os direitos reservados

Presscom Comunicação - Limeira/SP

Criado por Presscom